Avatar

Labs SAPO – nova imagem, os mesmos princípios

14 Setembro 2010
2 comentários

A ligação do SAPO à academia portuguesa remonta a meados da década de noventa, momento no qual o projecto iniciaria a sua caminhada até ao maior portal de serviços e conteúdos de Portugal. Ao viver a tecnologia e as dificuldades inerentes a um projecto de grande dimensão, começámos a valorizar um determinado conjunto de características que existem nas pessoas e nos ambientes tecnológicos que as rodeiam. Inegavelmente, o período académico é o momento em que experimentamos as ideias mais disruptivas e criamos de facto tecnologia que é passível de se tornar num grande sucesso de mercado. Não temos os constrangimentos e preocupações das grandes áreas de negócio, e temos ao nosso lado pessoas com conhecimentos heterogéneos, que nos inspiram e dão alento para experimentar sem medo as ideias mais inconcebíveis.

Para nós no SAPO é claro que queremos estar muito próximos deste ambiente jovem e académico, que tão bons resultados deu há quinze anos atrás. O projecto Labs SAPO surge nessa sequência. Acreditamos que através de uma aproximação mútua – academia / indústria – criamos condições vantajosas para ambas as partes. O SAPO tem a possibilidade de poder potenciar projectos num estado ainda embrionário e, do lado da academia, coloca-se a oportunidade para contar com o maior parceiro da internet Portuguesa. Para os alunos envolvidos, para além do claro benefício de tutoria ao mais alto nível (indústria/academia), abre-se a oportunidade de lançar efectivamente um projecto com perspectivas de futuro.

Actualmente, o Labs SAPO está formalmente presente em duas instituições – Universidade de Aveiro e Universidade do Porto – nas quais possuímos instalações e projectos a decorrer.

As informações relativas aos Labs SAPO estará residente nesta renovada plataforma web. Toda a dinâmica de investigação, novos projectos, eventos  e relação com a academia estará patente neste espaço, que servirá também como montra do talento, das ideias, da inovação e da atitude de criar tecnologia. Deixamos-lhe o convite para percorrer este espaço e, na medida do possível, fazer parte dele.



2 comentários