Avatar

Construção da nova barra de topo do Sapo Campus

7 Fevereiro 2011
Sem comentários

 
 
O actual design da barra de topo do Sapo Campus pode ser definido como um modelo de interacção centrado nos serviços de partilha de conteúdos dentro da comunidade académica.
 
Procuramos, com este re-design, reajustar o enfoque da interacção para a experiência do utilizador e todo o conjunto de acções possíveis – exploração, publicação e gestão dos conteúdos.

A transição de um modelo centrado nos serviços para um modelo centrado nas acções, obriga a uma reformulação metodológica – design centrado na actividade com recurso a avaliações pontuais da usabilidade e recurso a técnicas de concepção de interfaces centrados na experiência do utilizador que possibilitem rápida iteração (prototipagem em papel, inquéritos, testes de usabilidade, personificação, cenarização).

No seguimento destes encargos foram realizados diversos estudos de design, baseados em protótipos low-fi offline, os quais foram sujeitos a avaliação em testes de usabilidade.

O primeiro teste de usabilidade contou com a participação de 10 utilizadores. Uma grande parte revelou alguma dificuldade na construção de um modelo mental da interface, nomeadamente na identificação dos conteúdos por si publicados. A partir dos resultados obtidos foi possível redesenhar rapidamente o protótipo low-fi, construído por forma a permitir rápidas iteracções e, em menos de 20 minutos, foi realizado um novo teste, desta vez com 3 utilizadores que revelaram um comportamento totalmente diferente e com resultados muito mais positivos.
 
 
 
Construção do protótipo low-fi

Realização de um protótipo low-fi em cartolina com uma estrutura modular,
componentes reutilizáveis e mecanismos de prototipagem expandida

 

 

 

 

 

Realização do teste de usabilidade

Realização de Teste de Usabilidade com uma amostra constituída por 10 indivíduos.

 

 

 

Conclusão – da barra actual para o novo modelo revisto 

Evolução da barra de topo do Sapo Campus

 



Sem comentários